04/06/2014

A PERCEPÇÃO DA INCOMPETÊNCIA GENERALIZADA

Levamos 12 anos para descobrir um óbvio ululante, diria Nelson Rodrigues. Talvez não tão óbvio assim, me atrevo dizer. Penso que não esperávamos pelo projeto petista de poder, pelo menos não na dimensão que o mensalão, tal como um bisturi a abrir um corpo em busca das entranhas, expôs as vísceras de um corporativismo levado a um grau não imaginado por nós, os crédulos.

Vejo hoje um Lula como refém de uma máquina que o engoliu como sobremesa. Veja a expressão dele ouvindo a opinião da Chauí sobre a classe média e provavelmente você irá concordar comigo. Quando o elegemos, nossas intenções eram as de buscar uma alternativa para um capitalismo globalizado que perdera totalmente o sentido de ética. Queríamos uma ideia nova e, na falta de qualquer outra, fomos de Lula.