29/12/2015

FELIZ 2018!!!

O 2015 está acabando. Arre! Finalmente. Foram tristes dias para não serem esquecidos. Entra na fila para análise da história em um futuro distante conforme as consequências do futuro imediato da história presente.

E 2016 e 17 acabaram. Estes, sem terem começado. O mundo não é mais aquele! Estamos amedrontados com a barbárie, assustados com radicalismos de todos os lados, alguns dos quais - PT - entendemos, mas outros - ISLA - fogem à nossa capacidade de análise. Cereja do bolo, estamos angustiados e ansiosos com a tecnologia que nos controla, escraviza e observa, e grava a privacidade que fingimos ainda ter. 


17/12/2015

COMENTÁRIOS DO DIA 17/12/15


Carlos Alberto Sardenberg:

"Há duas décadas, o governo federal gastava 10% do PIB. Dobrou o gasto, aumentou duas vezes e meia a carga tributária- e ainda falta dinheiro? E ainda os serviços são precários?"

Ricardo Paes de Barros:

"Não dá para oferecer serviço de saúde grátis para todo mundo; ou faculdade de graça para quem pode pagar, isso é burrice."


09/12/2015

CAMPEONATO BRASILEIRO DE HIPOCRISIA

No Brasil existe a CNH - Carteira Nacional de Habilitação -, mas cada país tem o seu CNH - Campeonato Nacional de Hipocrisia.

No Brasil deste 2015, o campeonato tem figuras expoentes brigando pelo topo, abaixar de muita baixaria. O PT e seus próceres, brigam pela liderança com garra inigualável.

Rui Falcão, Presidente do PT - Virou as costas, rápida e publicamente, para o líder do governo petista no Senado, numa declaração de "não conheço, nunca ouvi falar, tenho raiva de quem conhece".


02/12/2015

OS HOMENS DO ANO ou A MÁSCARA CAI

Se alguém se der ao trabalho, seria interessante pegar o histórico das capas de Exame e Veja (*), principalmente, e descobrir dois momentos opostos (glória e desonra) de alguns de nossos Homens do Ano e outros títulos semelhantes. Hipocrisia pura alimentando venda de revista.

Uma prévia nos é dada hoje, 2/12/15, na coluna do Ancelmo Gois. 



Após noticiar que Armínio Fraga vai receber o troféu "Person of the Year" em Nova York, a colun lembra alguns dos brasileiros agraciados no passado.



Em 2012, André Esteves (BTG Pactual) e em outros anos: Jorge Atalla (Copersucar), Mário Garnero (Brasilinvest), Ângelo Calmon de Sá (Banco Econômico), Luís Eulálio Bueno Vidigal (Cobrasma) e Luiz Furlan (Sadia), todos passaram, digamos, por maus-bocados.






(*) Poucos dias depois me dei ao trabalho de pescar algumas bem representativas. Veja o post inteiro com capas representativas dos píncaros e dos fundos de poço.

NON-SENSE, HIPOCRISIA OU FALTA DE MULHER?

Está na coluna do Ilmar Franco, em O Globo de 2/12/15:

"Líder de uma sigla que se diz independente, o Partido da Mulher Brasileira, Domingos Neto compareceu à reunião dos líderes governistas no Alvorada."

Será que Domingos Neto é o verdadeiro nome de transsexual que virou mulher?

Non-sense? Hipocrisia?

Ou é falta de mulher no Partido... da Mulher Brasileira?



10/11/2015

DE ELITE, DE CRISE E DE FEMINISTAS

Em O Globo de hoje, 10/11/15, nas páginas de opinião, 3 artigos para não se deixar de ler.

Disparado, o mais importante deles é "A máfia e o cartel", do jornalista José Casado, de quem me tornei fã pelo alto nível de seu trabalho.

O segundo é do Marcio Antonio Villa, "A crise tem nome: Lula", tratando, principalmente, sobre a ascendência que ainda tem sobre seu "poste" e expondo o porquê deste indivíduo, que apesar de decadente, continua a ter ter um papel danoso na política brasileira.

E o terceiro é para relaxar. O Rodrigo Constantino se afasta da seriedade costumeira mas não de sua verve humorística, no instigante artigo "Feministas igualitárias".

Bom proveito!

04/11/2015

A HIPOCRISIA EXPLICADA DIDATICAMENTE

Não acredito que haja algo mais didático.
Aplique estes vídeos ao Brasil, ao PT, à liberação das drogas etc. etc. etc.
   
Nestes 3 a visão de Milton Friedman... 

... sobre Corrupção: https://www.youtube.com/watch?v=s1bXkYgEnGM  

... sobre O Estado de Bem-Estar social: https://www.youtube.com/watch?v=oW9wGdfjcG4  
  
... sobre Almoço grátis: https://www.youtube.com/watch?v=bSnoOJ0EiOc  
   

E neste, Johan Norberg, em entrevista sobre seu livro "Em defesa do Capitalismo Global", fala sobre como é na 
Suécia: https://www.youtube.com/watch?v=S6psuUt8caM 
    

14/10/2015

HIPOCRISIA AOS BILHÕES!!!!

Nos jornais de hoje, 14/10/15: FAZENDA DIVULGA LISTA DE DEVEDORES

O Ministério da Fazenda divulgou que o total do estoque inscrito na Dívida Ativa da União é de 1,4 trilhão de reais. Isto representa 28% de um PIB de R$ 5 trilhões estimado para 2015. E 28% é cerca de 80% de tudo que o governo arrecada/arranca, em tributos, de nós, empreendedores, trabalhadores, consumidores.


10/10/2015

E AGORA CONGRESSO?

O Tribunal de Contas da União, que não é "tribunal", pois não é "lugar em que se realizam audiências judiciais e se fazem os julgamentos", porque, se julga, não condena nem absolve, apenas analisa e avalia, criou um problemão para o Congresso Nacional.


27/09/2015

PSICOPATAS DO COTIDIANO

Quem me acompanha aqui conhece a minha tese de ser a personalidade psicopata o pano de fundo da corrupção. Em decorrência, há algum tempo venho me perguntando se não haveria algum tipo de teste, avaliação, que nos auxilie na identificação de um sujeito psicopata, ou com tendência a ser um.

Eis que me vejo assistindo à entrevista de Katia Mecler, psiquiatra, por ocasião do lançamento de seu livro "PSICOPATAS DO COTIDIANO - como reconhecer, como conviver, como se proteger". Li, gostei muito, e é daqueles que todo mundo deveria ler. Afinal, como um dito conhecido, de perto, ninguém é normal.


23/09/2015

TEM SEMPRE PATO NOVO


O jornalista Elio Gaspari, revelou-se um mago. Em abril de 2014, repito, abril de 2014, escreveu:

"A candidatura de Dilma Roussef está sendo corroída e mesmo uma pessoa que não gosta do seu governo deve admitir que boa parre desse desgaste vem mais da repulsa ao aparelhamento do que a ela."


21/09/2015

O GLOBO ESCORREGA NA HIPOCRISIA

Neste sábado, 18 de setembro de 2015, em editorial, O Globo se farta de hipocrisia. 

Já no título anuncia o escorregão: "INSTITUCIONALIZA-SE O  CAIXA DOIS ELEITORAL". Então, feito Jack, vamos por partes.

1 - Caixa dois sempre existiu. Então, não "institucionaliza-se" agora. Acima de determinada quantia de doação, nem partidos, nem políticos, na maioria, querem que alguém saiba quem contribuiu, sejam pessoas jurídicas ou físicas. Não vale citar o PT, pois este, como todos os dias somos lembrados, não tem limites, pois para todos os milhões sugados de Petrobras et caterva, a afirmação é sempre a mesma: "toda contribuição foi legal".


17/09/2015

ALICERCES DA CORRUPÇÃO - VIII

Em setembro de 2015, no programa Milênio da Globonews, Silio Boccanera entrevistou Dan Hough, cientista político que dirige o Centro de Estudo da Corrupção na Universidade de Sussex, na Inglaterra.

Apenas por uma questão de contextualização da corrupção no mundo, cito que o Brasil ocupa, na lista feita em 2014 pela ONG Transparência Internacional (antes das revelações sobre a Petrobras)  quanto à percepção de corrupção, a 69ª posição  entre 174 países avaliados. Nesta lista os dois últimos lugares (os mais sujos) são ocupados pela Coreia do Norte e pela Somália, enquanto os dois primeiros (os mais limpos) são a Dinamarca e a Nova Zelândia.


11/09/2015

O BEM-ESTAR (?) SOCIAL

As razões para nossa debacle monumental estão no crescimento do Estado-Deus que a todos se sobrepõe, em tudo se mostra presente, a quem tudo devemos pedir e obter e que tem as respostas para todas as nossas angústias.

Assim, para reforçar convicções, sugiro a todo mundo, à direita ou à esquerda, assistir aos vídeos abaixo indicados.


30/08/2015

ESQUERDA CAVIAR

Esquerda Caviar, que acabo de ler e editar um extrato, é o mais recente livro de Rodrigo Constantino, intelectual brasileiro de pensamento liberal e cujo blog é listado aqui ao lado.


Como já expliquei em "Sobre", não sou um liberal e ponto, mas, sim, talvez, talvez conservador, talvez autocrático, talvez democrático... depende, por isso concordo e não concordo com o que vo Constantino diz. Depende.


26/08/2015

E AGORA STF?

Neste 26 de agosto de 2015, na CPI da Petrobras, Paulo Roberto Costa explicou, com calma, com todas as letras e por duas vezes, mas repetindo o que já dissera em seus depoimentos ao juiz Sergio Moro, que, em situações de compra de empresas, como a compra de Pasadena, só o Conselho de Administração tem autoridade para aprovar e executar tal ação.

Não se trata de uma acusação leviana ou sem respaldo. Ele apenas chama a atenção das autoridades envolvidas na investigação, de que devem dar uma olhada nos estatutos da empresa. Para facilitar o trabalho, reproduzo abaixo o que consta no Estatuto da Petrobras, obtido em uma visita ao sítio da empresa (www.petrobras.com/data/files/4028597D2EDE3125012EDE9C801B3353/estatuto-social.pdf) na webe. Abaixo o que lá encontrei de mais pertinente e relevante. 


25/08/2015

APENAS UMA DISTRAÇÃO

"Quando você quer ajudar as pessoas, você diz a verdade a elas; quando você quer se ajudar, você diz aquilo que elas querem escutar." 

Thomas Sowel, economista americano, filósofo e político.


No final de fevereiro, o patrão de Dilma, já manifestara sua opinião de que seu poste deveria, como tentativa derradeira para se salvar (e a ele próprio), vir a público e reconhecer seus erros ao longo dos 4 anos de seu primeiro mandato. A subordinada não se insubordinou, fingiu que não ouviu.

Na semana passada, precisamente na segunda-feira, 17 de agosto, o ex-presidente Fernando Henrique colocou a cereja no bolo das mensagens encaminhadas a dona Dilma, há meses, vindas de todos os lados, qual seja, a de renunciar ou, minimamente, reconhecer seus erros.


19/08/2015

VÍRUS NASOCONE

Nesta 3ª feira, 18 de agosto, o ministro Joaquim Levy, produziu uma pérola do raciocínio ilógico, manifestação discursiva aprimorada por dona Dilma, a maior especialista NaSoCoNe (o nada sobre coisa nenhuma) do Brasil.

Todos estamos cientes e conscientes de que objetivo do contrato de trabalho do ministro, é colocar as contas em dia e, em não tendo onde reduzir despesas, há que aumentar as receitas do Estado mastodôntico brasileiro. Não logrando êxito, rua!


09/08/2015

NEGAR, NEGAR, NEGAR

Dona Dilma, neste último 7 de agosto de 2015, foi instruída a dizer que a democracia tem de "respeitar a eleição direta pelo voto popular" em resposta às pressões que vem sofrendo para pegar a bolsa e escafeder-se pela porta da frente. Enquanto é tempo.

Seus conselheiros são, hoje, os mesmos de ontem que lhe incentivaram e apoiaram na estratégia de enganar o eleitor com dúzias de mentiras. Este "voto popular" que dona Dilma recebeu, lhe foi dado por um contingente de cidadãos que não tinham (e não têm) acesso a números e análises que desde 2013 vinham apontando para a eminência de quebra das contas públicas. Ela sabia disso e enganou a todos. Por pouco tempo, muito pouco tempo.

04/08/2015

FORA PT!

Estamos sendo convocados para, no domingo, 16 de agosto de 2015, irmos às ruas expor nossa indignação com a revelação de um inescrupuloso Sistema Padrão de Assalto às Empresas Estatais idealizado pelo senhor Luiz Inácio e a alta cúpula do PT, e implantado pelo senhor José Dirceu, hoje mais uma vez levado à prisão.

Sou a favor, estarei lá, mas como publicitário e redator, chamo a atenção para um erro de convocação que se constitui em erro grave de comunicação. A chamada utilizando o mote do "impeachement" já mostrou no evento passado que não funciona. Primeiro porque é uma palavra da língua inglesa de difícil pronúncia e, pior ainda, de difícil entendimento. Segundo, e o que mais importante, tirar a Dilma não resolve absolutamente nada, até porque ela já não é nada neste governo. O que queremos, e isto já ficou claro para todas as camadas da população, é tirar de todos os níveis de poder esse grupo que assaltou o país de modo escancarado.

29/07/2015

QUER AJUDAR A MUDAR O BRASIL? ASSINE!!!

O Ministério Público está promovendo a assinatura de uma LISTA DE APOIAMENTO a medidas contra a corrupção. Você precisa assinar.

Acesse http://www.dezmedidas.mpf.mp.br/, leia as instruções, imprima, preencha os dados e envie por correio.

O Brasil precisa de todos nós.

28/07/2015

A FONTE DA FARRA

É da natureza humana assumir, até inconscientemente, que o jeito que as coisas estão é o jeito que continuarão. Tanto na pior das situações, quanto na melhor. É uma acomodação ao status quo. Se a maré está boa, esquecemos que os ventos mudam. Se a maré está ruim, idem. Somos sempre fatalísticos. O que está não vai mudar. A realidade é outra.

Foi assim que nossos governantes pensaram em relação à subida dos preços das commodities. E mais convictamente quanto à arrecadação de impostos do governo federal. Em ambos os casos, o vento mudou. Porque estou tratando disto agora?

REPRODUZO MERVAL PEREIRA

O Brasil já esteve mais sintonizado com os valores morais, mesmo em situações políticas degradadas como as de agora."

"O presidente do Tribunal de Contas da União, Aroldo Cedraz, nem pisca diante da denúncia de que seu filho Tiago Cedraz faz advocacia administrativa no órgão que integra e que hoje preside."

"No Brasil, parece que, se você não se mexe quando denunciado, tudo acabará sendo esquecido, um novo escândalo tomará o lugar do antigo."

"Quando todos são culpados, ninguém é punido."

Merval Pereira, em O Globo de 28 de julho de 2015

30/06/2015

CANNES, FAKE FOREVER!!!

Sou empresário no segmento de agências de propaganda há mais de 35 anos. Sempre, repito, sempre o festival de Cannes aceitou e premiou comerciais para televisão, principalmente, que nunca foram veiculados, ou veiculados uma vez para servir de prova de que um dia foram exibidos. Para quem não captou a ideia, explico: o objetivo é trazer para casa (a agência patrocinadora da fraude) um leãozinho, de ouro, prata ou bronze.

Neste junho/15, um iraquiano espírito de porco resolveu ir ao palco e expor a hipocrisia. Não é a primeira vez que isto vem à baila. Não será a última. Infelizmente.

Abaixo reproduzo como reproduzido no blog do Madia. Hipocrisia pura desmascarada.

03/06/2015

TUDO DENTRO DA LEI...

Como é bom quando encontro gente mais competente do que eu em alguma coisa que eu penso que sei mais ou menos fazer! Recebo um banho de humildade e me enxugo na toalha da admiração.

O título desta postagem, é o título de um excepcional texto de Roberto Damatta em O Globo deste dia 3 de junho de 2015. Impecável. Extraordinariamente correto, verdadeiro. Um registro que deve ser guardado para que no futuro se entenda com melhor precisão este nosso presente.

Não deixem de ler. É só clicar.


18/05/2015

CRIANÇAS, EU LI!


Li, O CAPITAL NO SÉCULO XXI, de ThomasPiketty. Seiscentas páginas. Leitura para treinados.

Antes de me decidir pela leitura, assisti a uma entrevista do autor, a outras com críticas diversas, e na imprensa escrita li alguém atribuindo à obra um rótulo de "ideias comunistas". Nada mais hipócrita, ou melhor, nada mais... Vou deixar o complemento para você mesmo fazer, como conclusão óbvia.

O título, obviamente, faz uma ligação direta com a obra de Marx, mas não vai além. É só marketing. Por outro lado, que título dar a um trabalho sobre o capital... no século XXI?

13/05/2015

LEGALIDADE CORROMPIDA

O senhor Luiz Inácio esteve por trás do mensalão desde a concepção, que o diga seu "amigo da onça" José Mujica, por razões de caráter: era, no entender dele, "a única maneira de governar o país" (sic) então, em sua incompetência declarada, faz dos fins a justificativa dos meios.

Este episódio comprova o que Cacá Diegues vaticinou no texto A Mosca do Alvo:


"Para termos a ilusão de estarmos protegidos e com nossos direitos acima dos direitos dos outros, somos capazes de inventar as mais sórdidas saídas para situações difíceis que poderiam se resolver de um modo mais humano."

30/04/2015

A HIPOCRISIA DOS PRIVILEGIADOS

Para que o e-leitor tenha uma noção clara de como enxergo a vida, antes de tratar do que vou tratar, preciso esclarecer que não há nada transcendental, nem hereditário, nem de mérito próprio, que justifique o fato de eu e meus companheiros dos 5% da faixa de renda mais alta da população, que justifique esta posição. Mas a maioria destes meus companheiros não pensa como eu. É a isto que chamo de "hipocrisia dos privilegiados".

Esta "viagem filosófica" vem a propósito do fato de que em todas estas medidas de "ajuste fiscal", em nenhum instante, por ninguém, seja no governo, no congresso ou na mídia, foi proposto o ajuste das receitas do Estado às novas atribuições obrigatórias gradativamente impostas pela sociedade ao longo, principalmente, destes últimos 100 anos (1).

07/04/2015

ALICERCES DA CORRUPÇÃO - Parte VII

Antes de prosseguir, acho conveniente lembrar os pontos abordados nas seis postagens anteriores.

I - a) A corrupção é da natureza humana. Ela é eterna, incombatível. b) O Transtorno de Personalidade Antissocial (TPA), que é a indiferença para com os direitos e sentimentos dos outros, se manifesta na população em geral, em taxas que situam entre 0,5% e 3%, e curiosamente, entre 45% e 66% entre presidiários. c) Os portadores de TPA "não são facilmente modificados pelas experiências adversas" e nem pelas "punições".

II - a) O preço a pagar (moral, ético,financeiro) para chegar ao poder político. b) Onde obter recursos para financiar a campanha? Recebendo a ajuda de um empresário rico que também acredita que "só tem político corrupto"?

24/03/2015

METENDO A MÃO NOS FUNDOS

Pouco fica a acrescentar a este texto-denúncia de José Casado publicado em O Globo neste meu dia de aniversário, 24 de março de 2015 . Infelizmente, a grande maioria dos brasileiros não vai ter conhecimento do roubo que o aparelhamento das instituições promovido pelo PT cometeu. Infelizmente, mas felizmente, nestes casos, os roubados diretos são funcionários das estatais e eles não vão aceitar serem lesados e ainda terem que pagar a conta, nem sozinhos nem acompanhados.

Este governo está em processo acelerado de apodrecimento e o odor, digo, fedor, fica cada dia mais insuportável.

19/03/2015

ALICERCES DA CORRUPÇÃO - Parte VI

Passadas as eleições deste 2014, volto a dar continuidade na defesa de minha tese de que a corrupção é universal e faz parte da natureza humana. Não que fosse necessário, mas retorno num momento em que na berlinda (e na UTI) está o doleiro Youssef internado após revelar (E precisava???) à VEJA que Lula e Dilma comandavam o assalto de bilhões de reais à Petrobrás. Mesmo assim, aprovamos mais 4 anos de PT!!!

14/03/2015

SUPRACENTRAL DOS TRABALHADORES - V (Final)

Quando um ex-presidento, atual co-presidento do país, fundador de um arremedo de partido político, discursa incitando brasileiros contra brasileiros, como neste vídeo, ele corrobora minha tese de que o PT não é um partido político, pelo menos não para uma nação que deseja aprimorar suas instituições democráticas e não alimentar uma guerra fratricída.

Este sujeito a quem o senhor Luiz Inácio se dirigiu, poucos dias depois foi à Venezuela e fez este discurso e se achou no direito de afirmar que todos nós, brasileiros, apoiamos o totalitarismo chavista. 

Quando esta mesma pessoa, conversando com um cidadão sabendo que há uma câmera filmando, diz coisas como essa, a gente fica com a certeza de que por 8 anos fomos governados por um indivíduo sem o mínimo preparo para ocupar o cargo que ocupou.

Eu não tenho mais nada a acrescentar, mas: 


1) O advogado Rodrigo Mezzomo tem.

2) E o Rodrigo Constantino ajusta o rótulo: "O PT é uma quadrilha disfarçada de partido político."

04/03/2015

ISLAMISTAS PSICOPATAS

Entrevista de Qanta Ahmed (médica inglesa, muçulmana devota, filha de paquistaneses) nas amarelas de Veja de 4/3/15

Alguns trechos, para os que não recebem a revista.

P: O descontentamento no mundo islâmico com as charges com Maomé, como as que foram publicadas pelo jornal francês Charlie Hebdo, torna mais difícil uma colaboração dos moderados?
R: Não faz sentido que pessoas sejam assassinadas em um país como a França para vingar um crime contra uma lei de blasfêmia que não é islâmica, e sim islamista (relativo à vertente política do Islã). O problema está nos vários regimes que sustentam a ideologia islamista. Neles, qualquer um pode ser atacado se for acusado de islamofóbico. Há um paradoxo muito grande.

P: Por que, então, há tantos governos baseados no Islã político dentro e fora do Oriente Médio?
R: (...) Em cinco séculos de história legal do Império Otmomano, houve apenas um caso de apedrejamento até a morte. Os atuais governantes podem até apresentar seus motivos como religiosos, principalmente os da Arábia Saudita, que se dizem guardiões das cidades sagradas de Meca e Medina, mas a verdade é que não o são. Eles são meramente políticos totalitários. [Eu diria “políticos psicopatas totalitários”.]

P: Muita gente achou que os protestos contra as ditaduras, que ficaram conhecidos como Primavera Árabe, espalhariam democracias pelo Oriente Médio. Por que isso não aconteceu?
R: (...) A população, é claro, fica menos capaz, menos preparada, infantil, até. Quando surge uma oportunidade como a Primavera Árabe, ela não sabe o que fazer. Não foi escrito nenhum manifesto político. Não apareceu nenhuma ideia sobre como criar uma economia saudável. Foi uma revolta emocional, não racional. O fracasso era o único desfecho possível.

P: A senhora é uma defensora de Israel, como se diz?
R: Quando viajo para Israel sempre fico um pouco triste. Não encontrei a pluralidade que existe lá em nenhum país do Oriente Médio. Isso inclui mulheres muçulmanas na direção de hospitais, cristãos israelenses na corte suprema e judeus que foram perseguidos e banidos de outros países levando vida digna. É daquela maneira que toda a região ao redor deveria ser.

P: Por há tanto antissemitismo no mundo islâmico?
R: Todo totalitarismo precisa de um inimigo central, que possa ser considerado como “o outro” e leve a culpa pelos problemas da sociedade. Esse sentimento transforma-se, quase sempre, em antissemitismo. Foi assim com o comunismo, com o nazismo e é assim com o islamismo. Infelizmente, lendo os livros de história, sabemos dos tipos de discriminação genocida que essa espécie de sentimento pode produzir. Mas não só. Na realidade, a perseguição aos cristãos não tem nada de diferente: todos são considerados infiéis que merecem morrer.

22/02/2015

SUPRACENTRAL DOS TRABALHADORES IV

ou A Mentira tem Perna Turta

Continuando a demonstrar que o PT não é um partido político, pois não tem nenhum compromisso com qualquer princípio filosófico, só com o ter e manter o poder, me sirvo de algumas decisões e manifestações do pensamento dos atuais petistas aboletados no poder. Veja o que o senhor Luiz Inácio disse em encontro do PT neste início de 2014: "Temos a oportunidade histórica de elaborar um novo Manifesto do PT, capaz de traduzir nossos compromissos para os dias de hoje e para os próximos 35 anos". É o que eu digo: não tem princípios, a tática é ajustá-los ao "momento histórico". E que não me acusem de ser radical, de não aceitar mudanças, etc. O problema é o que está por trás da expressão "momento histórico". No meu entendimento, no caso do PT, a tradução é: a pressão está grande, vamos ceder para permanecer.

Aí em cima neste primeiro parágrafo eu ia usar o termo "contradições" do PT, mas neste caso não cabe o uso, pois a mentira é uma técnica de manutenção "da verdade" usada, exatamente, por aqueles que são ocos de princípios. É esta a razão por trás das mudanças de ação e opinião do senhor Luiz Inácio, do senhor José Dirceu, da senhora Dilma Rousseff de outros seus correlatos e, mais atualmente, desta joia da corte, esta estrela em ascensão, que é o senhor José Eduardo Cardozo.

12/02/2015

SUPRACENTRAL DOS TRABALHADORES III

O PT, respeitando-se como seu objetivo a sua designação, Partido dos Trabalhadores, foi fundado por um operário da indústria metalúrgica, depois de passar por uma experiência bem-sucedida de liderança do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, uma entidade cuja existência depende de assumir, sempre, posições contrárias ao Sindicato das Indústrias (não é juízo de valor, é reconhecimento do papel dos sindicatos) para negociar ganhos e evitar perdas. Repito aqui definição do senhor Luiz Inácio sobre ele mesmo em 2005:  "Eu estou presidente, mas sou mesmo é dirigente sindical"

Esta origem do PT não tem base filosófica. Não contém uma visão de mundo ou de proposta de solução para as tantas e tantas angústias sobre a divisão e distribuição dos recursos oferecidos pela natureza, pela ciência, pelo conhecimento de maneira geral. Eu acho o pensamento marxista, uma formulação de psicopatas, mas seus conceitos visam a implantação de um sistema para todos (com exceção dos membros do politburo). Você pode achar que o liberalismo é uma inviabilidade prática, mas, do mesmo modo, propõe um sistema para todos (com exceção para os amigos do poder). O PT é uma entidade cuja única proposta, vaga, nebulosa, é defender "os trabalhadores". E quem são os "trabalhadores"? Tomando a decisão estapafúrdia (consulte os resultados neste início de 2015) de isenção do IPI para a indústria automobilística e outras, "trabalhadores" para o PT significa "trabalhadores da indústria metalúrgica".

13/01/2015

JE SUIS HIPÓCRITA

Je suis hipócrita porque sou um líder muçulmano que acredita que a única verdade é o islamismo, gostaria de ver o mundo submisso ao islã, mas finjo que não, condeno as ações dos radicais depois delas cometidas, mas não faço absolutamente nada para desestimulá-las e evitá-las.

Je suis hipócrita porque sou um líder ocidental cristão que acredita que a única verdade é o cristianismo, imponho minha visão invadindo países de religião islâmica, seja em ações de invasão territorial, seja invadindo as mentes através dos meios de comunicação ou da propaganda direta de informação manipulada.

12/01/2015

SUPRACENTRAL DOS TRABALHADORES - II

Na continuação da tese para explicar que o PT não é um partido, vamos ver a confusão que seus dirigentes fazem entre estado e governo.

O Estado, com "E" maiúsculo, em uma definição clássica, é a nação politicamente organizada. O Estado, portanto, é um conceito abstrato, sob o qual se reúnem todas as entidades de uma sociedade voltadas para gerir e controlar as atividades cujos objetivos sejam a arrecadação de impostos, a administração da burocracia e a aplicação dos recursos arrecadados na promoção e melhoria do bem comum, tarefas que devem ser realizadas de modo impessoal e livres de solavancos por ideias políticas utópicas. O Estado não é ninguém. O Estado não é um órgão, uma autarquia, um departamento. É um conceito necessário para que a nação não sofra solução de continuidade.