02/11/2017

NASCE UMA NOVA HUMANIDADE

Homo deus, uma breve história do amanhã, de Yuval Noah Harari, israelense, ph.D em história por Oxford, professor na Universidade Hebraica de Jerusalém, ateu, é uma obra que, apesar de suas 400 páginas, se lê quase que compulsivamente.

O texto, instigante, premonitório, apocalíptico, controverso, tem a fluidez de quem escreve para ser lido por todos e semeado de exemplos, casos e dados.

Nos dias de  hoje, creio que todos nós, os mais velhos, compartilhamos um sentimento de perplexidade quando nos deparamos com as prioridades e valores dos jovens à nossa volta e nos indagamos "para onde esse modelo levará esta geração e as próximas"?

Moralidade, Deus, privacidade, identidade, sociedade, religião, homossexualismo, educação, capitalismo, comunismo, eleições, democracia, internet, redes sociais, isto e mais, são temas tratados por Yuval sem predizer o futuro, apenas sugerindo, questionando, deduzindo possíveis destinos a partir da avaliação de onde estamos.

Neste link "Homo deus", você pode baixar o extrato que fiz da minha leitura. Como tal, é uma coletânea de trechos pinçados por um critério absolutamente pessoal, sem compromisso com coerência ou ligação entre os parágrafos. Para uma construção mais consistente do pensamento sobre as propostas apresentadas, a leitura da íntegra creio ser essencial.

Coragem! Vai mexer com seus neurônios!


Este vídeo da palestra de Yuval no TED, é uma síntese-síntese do livro e lhe dá uma ideia geral dos principais aspectos que ele aborda na obra.

E aqui o experimento de Frans de Waal com duas macacas-capuchinhos, citado por Yuval.

Um comentário:

Dê sua opinião. Discorde, concorde, acrescente, aponte algum erro de informação. Participe deste blog.

Obrigado.